Crendo e Ansiando

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

Jesus está voltando! Este grito teve e tem poder para despertar a Igreja, para lembrá-la que seu lugar definitivo não é aqui, que ela é apenas peregrina, que não tem aqui cidade permanente, mas busca a futura. Esta mensagem tira os corações dos bens e prazeres que passam, para colocá-los em coisas muito superiores, em alegrias eternas e indizíveis que virão. A volta de Jesus deve provocar em cada coração o anseio por estar pronto, por estar santo, por estar preparado para esse momento ímpar na vida de cada crente e de todo o povo de Deus. “Eis o noivo! Saí ao seu encontro!” (Mateus 25.6)

A volta de Jesus revelará ao mundo que Ele é o Senhor, que este mundo e tudo que nele está pertence a Ele. Proclamará aos governantes das nações que Seu nome é sobre todo nome que se pronuncia, não só nesta era, mas também na futura (Efésios 1.21). Revelará aos sábios deste século que a história tem sim um sentido, e este sentido é Cristo. Seu nascimento dividiu a história entre antes e depois. Seu retorno dividirá a existência do universo entre o presente século e a era vindoura. Mostrará aos que não sabem e aos que duvidam que Ele e somente Ele é o Senhor da história.

A mensagem do Evangelho é Cristo. E esta mensagem não é somente que o Verbo se fez carne, habitou entre nós, morreu pelos nossos pecados e ressuscitou  ao terceiro dia. Isso seria incompleto. A mensagem plena é que depois disso Ele subiu aos céus de onde voltará para julgar os vivos e os mortos (2 Timóteo 4.1). Jesus não é apenas Aquele que veio, mas é Aquele que voltará. Sua obra redentora foi consumada na cruz e, no entanto, será concretizada em seu retorno quando então todas as coisas serão regeneradas.

Não, esse retorno não será um retorno sutil, discreto, invisível, espiritual ou simbólico. Será cataclísmico, concreto, visível, físico e real.

Quando Ele retornar o mundo terá certeza de que nunca viu nada igual. “Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; e todas as tribos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória” (Mateus 24.3).

Nada então será o mesmo, pois Jesus virá e transformará todas as coisas. Desperta e aguarda!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *