Diamantes de Deus

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

Primeiro você é lapidado e só depois de pronto é colocado no encaixe. Você não compreende a dor da sua lapidação hoje, mas compreenderá tudo quando Deus o colocar no encaixe certo. Suporte agora. Vai valer à pena.

Lembre-se de José, vendido pelos irmãos, preso nas masmorras do Egito, esquecido pelos servos do Faraó, até que chegou o dia de sua libertação e ele pode ver o quanto valeu à pena permanecer em Deus. Deixou-se moldar por Deus em meio àquelas situações difíceis.

Lembre-se de Moisés, vivendo no deserto aqueles quarenta anos, até que foi chamado pelo próprio Deus para realizar a obra que estava preparada para ele.

Lembre-se de Davi que ungido para ser rei, foi por muito tempo um perseguido por Saul, escondendo-se nas cavernas e covas da terra. Por duas vezes teve chance de mudar sua história com suas próprias forças matando Saul e foi aconselhado por seus amigos que assim o fizesse. Entretanto, recusou-se, sabendo aguardar a hora de Deus e o modo de Deus.

E entre muitos outros podemos citar também João Batista, que permaneceu no deserto até o tempo de se apresentar a Israel (Lc 1.80). Ali naquele deserto, sem que ninguém soubesse, sem que ninguém visse, suportando situações que talvez nem ele compreendesse, ele crescia e se fortalecia. Quando a hora chegou, ele esta pronto.

Assim foi com os homens da Bíblia, assim foi com os homens de Deus através dos tempos. Assim tem sido conosco, simples servos que nem sempre compreendemos a dureza de nossos caminhos e os espinhos que nos ferem os pés. Olhamos para trás e reconhecemos que valeu a pena perseverar em meio à luta, pois Fiel tem sido Aquele que nos chamou.

Que Deus nos ensine a suportar o trabalho do Ourives em nossa vida, porque infinitamente mais do que nós, ele sabe do que precisamos.

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte, lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá. A Ele seja a glória e o poderio, para todo o sempre. Amém! (1 Pedro 5.6, 7,9-11)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *