Eu Creio na Eternidade

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade… (Eclesiastes 3.11)

Eu creio na eternidade. Não como algo distante, remoto, irreal e sim como o momento da realidade quando nenhum som silenciará a voz de Deus e nenhuma escuridão ocultará Seu brilho. E nenhuma mentirá haverá para turvar Sua verdade, nenhuma maldade para esconder Seu amor, nenhuma dor para ofuscar Sua bondade.

Creio na eternidade como a estação final para todos os que vivem e viveram neste mundo. Creio que muito do que hoje não entendemos, ali será compreendido claramente. E todas as imperfeições deste mundo decaído, serão ali harmonizadas. Tudo o que aqui é confuso, ali já não será. Ali tudo fará sentido, tudo será luz plena, tudo trará a marca do Deus Eterno, para os que viveram neste mundo amando ao Deus Eterno.

As injustiças aqui não julgadas serão definidas na eternidade. Os feitos aparentemente não notados terão suas consequências ali conhecidas. Tudo o que o homem não viu, será visto por todos e para todo o sempre. Das mentiras, enganos e ilusões deste mundo, nada mais restará.

Nós nos acostumamos tanto com esta terra amaldiçoada (Gênesis 3.17) que sequer conseguimos pensar em um lugar e em um tempo onde só há bênçãos. Aceitamos de tal modo a morte que nos é difícil pensar em uma condição onde só exista a Vida. Nossa existência corrompida, andando tanto tempo em meio a este mundo corrompido tem dificuldade de vislumbrar uma condição de existência onde a vontade de Deus seja plena.

Falar de bem sem nenhum mal, de vida sem nenhuma morte e de alegria sem nenhuma dor soa como ficção e fantasia na mente dos que não conhecem o Deus que enxuga de nossos olhos toda lágrima (Apocalipse 21.4). Sua fidelidade, porém, tantas vezes não percebida neste mundo de pecados, será experimentada em toda sua plenitude. Tudo será tão diferente, pois tudo refletirá a perfeição divina.

Ele porá fim a todo o mal e será tudo em tudo, será tudo em todos (1 Coríntios 15.28). E o passado será uma pálida sombra diante da glória e do brilho que ali haverá. E tais glórias e tais brilhos serão para todo aquele que Nele crer e Nele permanecer até o fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *