Indo ao Seu Encontro

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

E, tardando o esposo, todas ficaram com sono e adormeceram. Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Aí vem o esposo! Saí-lhe ao encontro! Então, todas aquelas virgens se levantaram e prepararam as suas lâmpadas.  Mateus 25.5-7

 

Aguardar ansiosamente a volta do Senhor não tem nada a ver com sentar-se em uma poltrona confortável esperando que seu retorno coloque em ordem todas as desordens deste mundo e que faça cessar as aflições que nos incomodam. Nenhuma noiva se acomoda ao saber que o noivo vem. Nenhum empregado se senta ao saber da volta do patrão. Nenhum crente verdadeiro vê na iminente volta de Jesus razão para esmorecer. O efeito da nossa esperança é um pleno acordar.

Jesus esta voltando! Esse grito pôs de pé as virgens dormentes e as fez acender as suas lâmpadas. Mais do que nunca esse chamado cada vez mais vivo não é dado para que você se acomode, mas para que você se prepare. Este evento será repentino, justamente para que você esteja pronto a todo e qualquer momento. “Em todo tempo sejam alvas as suas vestes e nunca falte o óleo sobre sua cabeça” (Eclesiastes 9.8). Jamais falte santidade e unção em sua vida.

Seu retorno será o fim da nossa luta, a plena santificação de nossos corpos, o tempo da nossa recompensa. Isso significa lutar as batalhas de seu reino, buscar a santificação sem a qual ninguém verá o Senhor, permanecer semeando até que o tempo da colheita chegue.

Há muita gente acomodada, mesmo os que já viram quão próxima está sua vinda. Os gritos de “Eis o noivo!” nada produziram neles e eles permanecem parados, esperando apenas que a história acabe como se não fossem agentes dessa mesma história.

Se a convicção da volta de Jesus não nos levar a correr ao seu encontro, então nossa convicção é vazia. Se não produzir santificação, se não nos despertar para trabalhar até que ele venha, então estamos presos ao sono dos indolentes.

“Trabalhai e orai, na seara e na vinha do Senhor. Meu desejo é orar e ocupado eu quero estar, sim na vinha do Senhor” (Harpa Crista 115).

Não espere parado o fim de sua missão. Cumpra sua parte nela. Não apenas espere o Senhor chegar. Corra também ao encontro Dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *