Junto ao Pai é Melhor

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

Caindo em si, ele disse: ‘Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! (Lucas 15.17)

Quando o pródigo saiu da casa de seu pai ele acreditava estar tomando a melhor decisão. Ele achava que só uma parte daquela vida era boa. Provavelmente não gostava da disciplina, das normas, das exigências que vinham do pai. Achava que estava preso, limitado, que estava perdendo algo. Ele não queria trilhos para sua vida, achava difícil se ajustar àqueles padrões, pensava que tudo aquilo estava lhe roubando a verdadeira liberdade. Infelizmente, teve que aprender da forma mais dolorosa.

A casa do Pai é o melhor lugar do mundo. Só a abundância que Dele é a verdadeira abundância. As exigências de Deus são maravilhosas, porque Ele nos dá mandamentos e junto nos dá forças para obedecê-los. Ele nos desafia e ao mesmo tempo derrama ousadia em nossos corações. Ele permite angústias e aflições em nossa vida, e, no entanto, ele também nos dá o escape. E com o tempo descobrimos que a disciplina de Deus é tão boa quanto suas bênçãos. Que suas correções também são vida. E que chorar com Deus é muito diferente do que chorar sem Ele. Aprendemos que perder por Deus é ganhar e ganhar sem Deus é perder.

Acredite no que o Senhor falou. “Crede no Pai. Crede também em mim” (João 14.1). Você não precisa fugir para longe de Deus e experimentar quão terrível é uma vida sem Ele. Você não precisa chegar ao fundo do poço para saber que Deus é bom, que Ele  é melhor. Acredite em seu amor hoje.

Aceite não apenas o amor do Pai, mas também seu castigo, suas correções, seus mandamentos, suas limitações. Nossa natureza decaída grita quando o Oleiro nos amassa e refaz. Essa dor não é a dor da morte, mas a dor da vida. É a pressão divina que moldará nosso caráter, nossa essência, para nos tornar algo bom o bonito aos Seus olhos (Jeremias 18.4). Permaneça na mão do Oleiro.

Há algo muitas vezes melhor do que voltar para perto do Pai. É jamais sair de junto a Ele. Eu não preciso experimentar a dor do mundo para saber que o amor de Deus é muito mais excelente. Por isso, quero viver, e andar e crescer aos seus pés.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *