Natal é Jesus

Por Eguinaldo Hélio de Souza

JESUS… Ele podia segurar o Universo na palma da mão, mas abdicou disso para flutuar no ventre de uma virgem. (Max Lucado)

 

Além dos debates, dos abusos e das distorções, permanece a verdade inquestionável e imensurável de que um dia Jesus, o Verbo de Deus se fez homem e habitou entre nós. O mundo e a história jamais seriam os mesmos. Porque Ele veio, tudo se fez novo.

Por esse motivo não podemos ignorar esta data. Se ela não diz muito para muitos, para nós ela grita bem alto que há um Deus nos céus. O Deus único e trino, que nos ama a ponto de enviar seu Filho não somente para viver em nosso meio, mas para morrer por nós, apesar de quem somos. E o sentimento adequado para os nossos corações nessa época é a gratidão.

Natal é a expressão de nossa gratidão a esse Deus que demonstrou seu amor por um mundo perdido, não com belas palavras e bons discursos, mas com um ato de entrega que precisa ser proclamado aos quatro cantos da  terra. Presentes, festas, luzes, famílias reunidas, alegria, cânticos e mais cânticos, representam ainda muito pouco diante da grandiosidade do evento.

O mundo não conseguiu ficar calado nesta data por quase dois mil anos e jamais deverá calar-se. Para uma humanidade onde Deus é considerado um mito, nós queremos proclamar que Ele é História. Para pessoas que querem considerá-lo uma lenda, nós queremos mostrar que Ele é um fato. Alguém muito além da comida e da bebida, dos presentes e das festas.

Ele é a Realidade maior que em uma escura noite em Belém passou a fazer parte da realidade dos homens. E que em um momento escuro da vida de cada um de nós, passou a fazer parte de nossa realidade.

Seja habitando o ventre de uma virgem, seja morando em uma casa simples de Nazaré, seja entronizado à destra de Deus nas alturas, não podemos permitir que o mundo O esqueça. “Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que, pela sua pobreza, enriquecêsseis.” (2 Coríntios 8.9). Ricos de Deus, ricos de salvação, ricos desse amor que o enviou das alturas e o trouxe até nós.

Isto é o Natal. O Natal é Cristo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *