Frases e Missões – 3

Por Eguinaldo Hélio de Souza

           

E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Aquele que se manifestou em carne foi justificado em espírito, visto dos anjos, pregado às nações, crido no mundo e recebido acima, na glória. (1 Timóteo 3.16)

Cristo saiu de seu lugar, cumpriu sua missão no mundo e retornou para sua glória. Nós iremos a esta mesma glória quando tivermos completado também nossa missão no mundo. Missões não é opção. É  nossa razão  de ser na história.

 

Deus preparou todo o mundo para o Evangelho e o Evangelho para todo o mundo. (Don Richardson)

Seu ministério é seu serviço aos crentes, e sua missão é seu serviço aos não crentes. (Rick Warren)

Para conhecer a vontade de Deus precisamos de uma Bíblia aberta e um mapa aberto (William Carey)

Uma vida transformada, uma igreja reavivada, uma nação reformada, um mundo evangelizado. (August Francke)

A igreja que deixa de ser evangelística em breve deixa de ser evangélica (Alexander Duff)

Deus, envia-me para qualquer lugar, desde que vás comigo. Coloca qualquer carga sobre mim, desde que me carregues, e desata todos os laços do meu coração, menos o laço que prende o meu coração ao teu. (David Livingstone)

Eu irei, não importa aonde, desde que seja para frente. (David Livingstone)

Deus teve um único Filho e fez Dele um missionário (David Livingstone)

Cada coração com Cristo é um missionário, e cada coração sem Cristo é um campo missionário (Dick Hills)

Meu destino é proclamar a mensagem sem me importar com as consequências pessoais para mim mesmo (Conde Zinzendorf)

Se Deus quer a evangelização do mundo, mas te recusas a sustentar missões, então te opões a vontade de Deus (Oswald Smith)

Não há argumento para missões. Toda a atuação de Deus na história, toda revelação de Deus em Cristo – este é o argumento (James Stwart)

Enquanto houver milhões destituídos da Palavra de Deus e do conhecimento de Jesus Cristo, será impossível para mim devotar meu tempo e energia aqueles que possuem a ambos (J. L. Ewen)

Deus só pode ser amado, na medida em que é conhecido (Steven C. Hawthorne)


 Frases e Missões – 2

Por Eguinaldo Hélio de Souza

           

 

E este Evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, para testemunho a todos os povos. Então virá o fim. (Mateus 24.14)

 

Que o Senhor nos exorte e nos leve como Igreja a completar nossa principal missão aqui: levar o Evangelho de Cristo a cada povo. Que cada um de nós colabore com a tarefa e seja um instrumento na conclusão desse objetivo.

 

Não é nossa escolha levarmos ou não o Evangelho. É nossa morte se não o fizermos. (Peter Taylor Forsyth)

O mundo está dormindo na escuridão, e muitas igrejas não podem lutar porque estão dormindo na luz. (Keith Green)

Se perdermos o espírito do ‘Ide’, perdemos o espírito cristão. Uma igreja desobediente se converterá em uma igreja morta; morrerá de uma parada cardíaca. (S.D. Gordon)

Não importa quem somos; somos todos chamados a cooperar com Deus em seu grande plano de resgate e reconciliação: a evangelização do mundo. (Ted Hegre)

Se cada pessoa no mundo tivesse suficiente comida, moradia e recursos financeiros; se cada pessoa enxergasse os outros com o mesmo valor e se desaparecesse todo mal social e injustiça, as pessoas ainda necessitariam de uma coisa… Cristo! (J.W. Hyde)

Receber o perdão de Deus é a necessidade mais urgente de cada ser humano. (Norm Lewis)

Senhor Jesus, me entrego ao teu serviço… Agora eu faço uma pergunta: onde posso servir-Te? Sua Palavra disse que seu desejo é que o Evangelho seja pregado até o último da terra. Meu desejo, ó Senhor, é estabelecer-me no lugar que mais necessite de obreiros, e onde haja maiores dificuldades. (Robert Morrison)

É impossível aproximar-se do coração do Mestre, sem aproximar-se da missão do Mestre. (Larry Moyer)

Em Deus, a geografia é nula, pois toda a Terra a Ele pertence. (Fernando Nieto)

As Missões não são a meta final da Igreja, mas sim a adoração a Deus. As Missões existem porque a adoração de todas as nações ainda não existe. (John Piper)

Deus preparou todo o mundo para o Evangelho e o Evangelho para todo o mundo. (Don Richardson)


 Frases e Missões – 1

Por Eguinaldo Hélio de Souza

           

A razão de ainda estarmos aqui é que nossa missão na terra ainda não acabou. Há um mundo carente da mesma salvação que nos redimiu, do mesmo Cristo que habita em nós. Só iremos à cidade celestial quando as cidades terrenas forem completamente alcançadas por Jesus Cristo. Por isso, precisamos ser estimulados pela voz e a vida daqueles que dedicaram suas vidas a alcançar os povos com o Evangelho de Cristo.

 

“Sabemos muito bem o que é missões, agora está no momento de vivê-la.” (Marvyo Darley)

“Segura minhas mãos Senhor, e não importa a distancia e continentes percorridos, seguiremos juntos aonde existir almas” (Marvyo Darley)

“Não são os grandes homens que transformam o mundo, mas sim os fracos e pequenos nas mãos de um grande Deus” (Hudson Taylor)

“Por que alguém deveria ouvir do evangelho duas vezes, quando há pessoas que não ouviram nenhuma vez”. (Oswald Smith)

Basicamente, a igreja tem muitas responsabilidades, mas uma só missão: a evangelização e o discipulado das nações. (Daniel Bacon)

A maioria das organizações cristãs deseja que seus candidatos estudem em um seminário durante quatro ou cinco anos. Eu preferia que pudessem descer ao inferno por somente cinco minutos; tal experiência seria a melhor qualificação para uma vida de ministério compassivo. (William Booth)

Somos devedores de cada homem; devedores em dar-lhe o Evangelho na mesma medida em que temos recebido. (P.F. Bresee)

Não existe chamado mais alto ou privilégio algum maior, conhecido para o homem, do que envolver-se em completar a Grande Comissão. (Bill Bright)

Uma só vida pode ser tão valiosa para os propósitos de Deus, que nela não se pode por um preço; e sua vida pode ser essa vida. (Oswald Chambers)

Se você encontrar uma cura para o câncer, não será inconcebível ocultá-la do resto da humanidade? Será muito mais inconcebível guardar silêncio se você tem a cura para o eterno salário do pecado, a Morte. (Dave Davidson)

Quando vastas regiões em diversos continentes estão prostradas nas mais completas trevas e milhões sofrem os horrores do paganismo e do Islã, mais que um chamado para ir ao estrangeiro, você deveria provar que tem um chamado para PERMANECER em seu país. (John Keith Falconer)


 A Fragilidade da Vida

Por Eguinaldo Hélio de Souza

Não há nenhum homem que tenha domínio sobre o espírito, para o reter; nem tampouco tem ele poder sobre o dia da morte; nem nessa guerra há licença para se ausentar; nem a perversidade livrará aquele que a ela está entregue. (Eclesiastes 8.8)

 

Os ateus gostam de dizer que a religião é uma muleta, que as pessoas buscam um Deus imaginário somente porque passaram por uma situação difícil e precisavam de algo para se agarrar. É uma maneira distorcida de ver a situação. Sim, na maioria das vezes, são os revezes que levam os homens para perto de Deus, são as angústias que os fazem procurar o Salvador. No entanto, não é nessa hora que eles “inventam Deus”. É nessa hora que percebem a sua fragilidade, é nessa hora que “descobrem” Deus.

A fragilidade humana não é uma ficção, é uma realidade. Não é que as pessoas começam a “achar” que precisam de Deus. É que elas precisam de fato. Uma pessoa não apenas se sente frágil, ela é frágil. Na aflição, alguém que se sentia auto suficiente, percebe  que não se basta a si mesmo. Precisa de alguém maior, mais forte, do Todo Poderoso. O problema não é que o medo leva o homem a Deus. O problema é que o orgulho separa o homem Dele. Querer Deus é o natural. Evitá-lo é que é antinatural.

Hoje as empresas têm grande preocupação com segurança. Conscientizam seus funcionários de suas limitações. Sabem que se não tomarem cuidado, sofrerão conseqüências por toda a vida. Nós queremos conscientizar todos os seres humanos que eles também são frágeis diante do universo e da vida. E se eles não tomarem cuidado, sofrerão por toda a eternidade.

A morte e a eternidade espreitam a todos igualmente. Não são os doentes de hoje que morrerão amanhã. Muitas vezes são os saudáveis, os que agora estão rindo e aparentemente firmes. Hoje estão aqui e amanhã não são mais. Também não são os idosos que estão à porta da morte. Jovens também partirão. A vida de ninguém é garantida pela sua idade.

Somente na mão de Deus há segurança. Somente Nele o hoje e o amanhã serão de paz.


 Ferramentas Divinas de Transformação

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito (Provérbios 4.18)

 

Nenhum cristão já está pronto e acabado. Sua vida interior está em constante transformação. Todos somos vasos permanentemente nas mãos do Oleiro. Sua obra em nós é constante. Estamos sendo moldados, mudados e aperfeiçoados. Pelo menos este é o propósito de Deus para nós. Essa transformação é uma verdade que  permeia toda  a Bíblia (Jeremias 18.1-6; Provérbios 4.18; 2 Corintios 3.18; Romanos 12.2; Efésios 3.22-24; Colossenses 3.9,10).

Ele usa pelo menos três ferramentas nesse processo.

Deus usa seu Espírito. Há um outro Espírito em nosso espírito, um outro Ser habitando em nosso ser. E este é Deus em nós. Não é uma visita divina, é uma  habitação divina. Também não se trata de uma presença passiva, mas de Alguém que ativamente trabalha no mais profundo de nosso coração, onde homem algum pode chegar. Ele estará nos transformando, naquilo que planejou. Temos que nos moldar à “intenção do Espírito” cada dia mais (Rm 8.27)

Deus usa sua Palavra. Nossa mente está repleta de conceitos errados e noções pecaminosas. Ela precisa ser refeita. Nossos pensamentos não são os pensamentos de Deus (Is 55.8,9) E para que a nossa mente se harmonize com a mente de Cristo em nós, precisamos encher nosso coração com a Palavra (Cl 3.16), mesmo que esta tenha que bater até destruir (Jr 23.29), perfurar até dividir alma e espírito (Hb 4.12).

Deus usa as circunstâncias. Davi disse que antes dele ser afligido ele andava errado. Desde então ele passou a guardar a Palavra do Senhor (Salmo 119.67). Nossas dores nos ensinam, nossas dores nos educam. Deus nos refina como se refina a prata, nos aperfeiçoa como quem purifica o ouro. Esse processo é doloroso, é desgastante, mas é transformador. Nem sempre é o desejo de Deus que as circunstâncias mudem. Muitas vezes, ele quer as circunstâncias nos mudem. O vaso terá que ser totalmente quebrado para que possa ser totalmente refeito.

Durante o processo nada compreendemos. Todavia, após o término do agir de Deus somos capazes de ver sua beleza e sua força em nossas vidas. Deus é o Deus de toda transformação.


 Feito Duas Vezes

Por Eguinaldo Hélio de Souza

Para o que fomos feitos? Com certeza não fomos feitos para tudo e para qualquer coisa. Fomos criados por Deus para realizar sua vontade. Todavia, sua vontade é ampla, como ampla são as necessidades do mundo. Alguns foram feitos para liderar, outros para ajudar. Uns foram feitos para escrever, outros para falar e ainda outros para cantar. Uns organizam, outros aconselham, outros executam. Variados são os homens e suas capacidades, como variadas são as necessidades ao nosso redor e como diversas são as obras de Deus.

Foi Deus quem nos fez e descobrir para que eles nos fez é essencial para a vida. Tenho de olhar para mim e descobrir para o que Ele me tornou apto. O Deus Criador é o Deus Sábio. Ele me fez único, com características únicas, para realizar tarefas únicas.

E não posso esquecer que ele me fez duas vezes.

A primeira vez que fomos feitos foi no ventre de nossa mãe. Sobre isso escreveu Davi, inspirado por Deus, de uma forma muito bela no Salmo 139:

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção. Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado.

A segunda vez que fomos feitos, fomos feitos em Cristo Jesus. Sobre isso lemos em Efésios 2.10:

Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.

E nessas duas criações nós recebemos tudo o que necessitamos para cumprir o seu propósito. Saber exatamente quem somos e o que temos Nele é vital para nossa caminhada.  Nossa missão depende do que temos e somos. Fomos feitos para ela e ela foi feita para nós. Por isso, conhecer nossos dons e habilidades é essencial. Este é de fato o primeiro passo.

 


 Fale Com a Pessoa Certa

Por Eguinaldo Hélio de Souza

 

Assim ela partiu para encontrar-se com o homem de Deus no monte Carmelo. Quando ele a viu à distância, disse a seu servo Geazi: “Olhe! É a sunamita! Corra ao seu encontro e pergunte a ela: ‘Está tudo bem com você? Tudo bem com seu marido? E com seu filho?’ ” Ela respondeu a Geazi: “Está tudo bem”.(1 Reis 4.25, 26)

 

Por um tempo este texto me incomodou. Ao dizer que estava tudo bem quando na verdade não estava, parecia que esta mulher estava mentindo sem qualquer razão aparente. Ele negou para Geazi o que mais tarde confessaria ao profeta Eliseu. Seria uma atitude inadequada.

No entanto, o tempo nos ensina que não devemos abrir nosso coração a qualquer pessoa. Embora guardar nosso sofrimento sem compartilhar com ninguém pode ser destrutivo, pode ser igualmente destrutivo compartilhar com alguém inadequado.

Mais tarde, os problemas de caráter de Geazi haveriam de manifestar. Naquela mesma ocasião ele se mostrou impotente para resolver o problema da viúva e o próprio Eliseu teria de ajudar diante disso. Ao ignorar um e se abrir ao outro ela não estava escondendo e nem ignorando os seus sentimentos. Ela estava lidando com eles de modo certo. Nem todos podem nos ajudar.

Virão momentos em sua vida nos quais precisará não apenas de um ombro amigo, mas de alguém com graça e unção de Deus para o ajudar. Pessoas para as quais você irá vazio e retornará cheio, chegará chorando e sairá sorrindo. Pessoas a quem Deus colocou em seu caminho para ajudar e abençoar.

De igual modo, Deus quer que sejamos as pessoas certas para aqueles que nos procuram. Eliseu tinha dentro de si a graça de Deus para ajudar aquela viúva. Ele tinha algo de Deus para dar a ela. Mesmo que a princípio não soubesse o que fazer, o poder de Deus se manifestou enfim e ela teve seu filho de volta. Que você seja a voz e a mão de Deus para aqueles que o procuram.

O Senhor Deus me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado. (Isaías 50.4)

 

 


 Eu Quero Fugir!

Por: Eguinaldo Hélio de Souza

 

O meu coração está dolorido dentro de mim, e terrores de morte sobre mim caíram. Temor e tremor me sobrevêm; e o horror me cobriu. Pelo que disse: Ah! Quem me dera asas como de pomba! Voaria e estaria em descanso. Eis que fugiria para longe e pernoitaria no deserto. Apressar-me-ia a escapar da fúria do vento e da tempestade. (Salmo 55.4-8)

 

Há momentos em nossa vida em que a angústia e os problemas nos cercam e o nosso pensamento é só um – fugir. Algumas vezes, se formos sinceros, nosso problema não é tão grande e nem tão grave, principalmente se formos comparar com as aflições de nossos irmãos ao nosso redor. E ainda assim, ao invés de enfrentarmos o problema, de confiarmos em Deus e aguardar a vitória da parte Dele, nós fugimos ou pelo menos tentamos fugir.

Em muitas ocasiões a situação ficará difícil para nós. Sentiremos apertos por todos os lados: na família, no trabalho, na igreja. Nessa ocasião muitos acreditam que indo para outro lugar, deixando para trás tudo aquilo que construíram e mudando de lugar tudo se resolverá. Muitos divórcios são fruto desse desejo de fugir. Pessoas deixam suas igrejas e fogem. Alguns deixam seu chamado e ministério. Fogem para outras atividades, para outras rotinas, fogem.

Nenhum soldado de Israel foi capaz de vencer Golias, porque quanto ele aparecia no vale, todos corriam. Fugiam na ilusão de que sua fuga iria fazer aquele gigante desaparecer. Todavia, no dia seguinte, ele estava lá de novo, tão grande quanto sempre fora, tão ameaçador quanto sempre. A fuga do dia anterior não teve o poder de mudar a situação. Somente quando alguém decidiu enfrenta-lo ao invés de fugir foi que a situação se alterou.

Ficar, sofrer, enfrentar e esperar a tempestade se acalmar. Tomar atitude de fé, se acalmar, colocar a ansiedade nas mãos daquele que cura todas as nossas ansiedades. Ficar firme no Senhor. E quando olharmos os gigantes terão desaparecido e nós estaremos em pé diante do Senhor.

Não fuja, permaneça no Senhor.

Anda por onde quiseres, jamais encontrará paz senão na humilde sujeição e obediência ao superior. A imaginação de lugares e mudanças a muitos tem iludido. (Imitação de Cristo, Tomás  de Kempis, Livro I, 9,1)

 

 


 Equilíbrio

Por: Eguinaldo Hélio de Souza

 

Olhai, pois, que façais como vos mandou o SENHOR, vosso Deus; não declinareis, nem para a direita, nem para a esquerda. Andareis em todo o caminho que vos manda o SENHOR, vosso Deus, para que vivais, e bem vos suceda, e prolongueis os dias na terra que haveis de possuir. (Deuteronômio 5.32, 33)

Um dos cuidados que devemos ter em nossa caminhada com Deus é não cairmos nos extremos. É muito fácil exagerarmos para um lado ou para o outro e assim perdermos a direção. Coisas boas, em excesso, tornam-se prejudiciais. E quando faltam também. Tiago nos instruiu a pedir sabedoria a Deus (Tiago 1.5). E ter sabedoria inclui o equilíbrio em nossas ações.

É bom ser tolerante, mas o excesso de tolerância pode ser nocivo, quando permitimos que o mal e a desordem reinem devido a nossa tolerância. Por outro lado, nossa intolerância pode destruir o ânimo e as boas intenções daqueles que nos cercam.

Trabalhar é bom e Deus não ama a preguiça. Só trabalhar sem descanso pode se tornar o caminho para a autodestruição. O mandamento divino de seis dias de trabalho e um de descanso tinha por finalidade estabelecer o equilíbrio entre descanso e trabalho. Falta de dedicação e excesso de dedicação, ambas fogem do caminho do meio estabelecido por Deus. Precisamos de equilíbrio.

Podemos possuir bens, mas os bens não podem nos possuir. Ser bem sucedido é o desejo natural de todo ser humano. Entretanto, muito o conseguiram destruindo sua própria felicidade. É correto por amor suportar certas situações, mas ser passivo quando deveríamos reagir ao mal não é uma virtude.

Contudo, qualquer pessoa que já tentou quando criança equilibrar uma vassoura na ponta dos dedos sabe o quanto é difícil. É preciso cuidado constantes, ajustes constantes, plena atenção. E ainda assim por diversas vezes o objeto de nosso equilíbrio cairá de nossas mãos. E será errando e corrigindo que aprenderemos o caminho do meio, a ação correta, a direção de Deus.

Avaliar, ajustar, corrigir, reconhecer que estamos em um ponto extremo onde não deveríamos. Eis o que precisaremos fazer. Achar o ponto de equilíbrio e permanecer nele, eis o grande desafio de Deus para nossas vidas. Não nos desviarmos nem para a direita e nem para a esquerda – essa é a ordem divina.

 

 


 Entre o Chamado e o Campo

Por Eguinaldo Hélio de Souza.

 

Vários anos se passaram entre o momento no qual o apóstolo Paulo encontrou Jesus em Damasco e aquele no qual, juntamente com Barnabé, ele chegou a Chipre e depois foi a toda Ásia e Europa pregar o Evangelho. Esse intervalo não significava de modo nenhum atraso. Seu ministério só foi eficaz justamente devido a esse tempo de preparo.

Conta-se que Guilherme Carey, pai das missões modernas, enquanto trabalhava como auxiliar de sapateiro tinha um mapa da Índia à sua frente, e ficava imaginando como levaria o Evangelho àquele povo. Durante esse período ele estudava as diversas línguas daquele país. Não foi à toa que ele pode traduzir as Escrituras ou parte delas para trinta línguas indianas.

O mesmo se fala de David Livingstone, o grande apóstolo da África. A seu respeito lemos:

David iniciava o dia na tecelagem, às seis horas da manhã e, com intervalos para o café e o almoço, trabalhava até oito da noite. Segurava a sua gramática aberta na máquina de fiar algodão e, enquanto trabalhava, estudava-a linha por linha. Às oito horas da noite, dirigia-se, sem perder tempo, à escola noturna. Depois das aulas, estudava as lições para o dia seguinte, às vezes, até a meia-noite, quando a mãe tinha de obrigá-lo a apagar a luz e dormir.[1]

Ambos tinham convicção do seu chamado. Ambos sabiam exatamente qual era o seu campo missionário: Índia e África respectivamente. E acima de tudo, eles sabiam que jamais poderiam realizar essa tarefa sem o devido preparo. Só a certeza do chamado não bastava. Convicção sem preparo é ficção.

Não basta você ter chamado, você precisa ter preparo.

Procurando nos lugares certos

Mesmo não havendo em sua época instituições apropriadas para o treinamento de um missionário Carey e Livingstone foram capazes de perceber que não era seguro precipitar-se em um lugar sobre o qual nada sabiam. Seria negligência iniciar a grande tarefa de Deus para suas vidas sem estar preparados para ela. Autodidatas, eles fizeram seu próprio treinamento.

Hoje, centenas de anos depois, qualquer pessoa que tenha um chamado de Deus tem plenas possibilidades de receber treinamento adequado. Mesmo que esses homens tiveram êxito, não podemos esquecer que muitos outros fracassaram ou voltaram atrás porque não foram devidamente preparados para seu campo. Chamado sem preparo é sinônimo de fracasso.

Além disso, alguém pode ser chamado para o campo missionário e alimentar diversas dúvidas em seu coração. As incertezas também fazem parte da certeza de um chamado. Durante o treinamento, à medida que experiências, sentimentos e palavras são compartilhados, as dúvidas se dissipam. Isso é um fato. Uma das vantagens de se conhecer a história é que então não precisamos repeti-la. Claro que você aprende com seus erros, mas aprende também com os erros e acertos dos outros.

Alguns ingenuamente pensam que a certeza do chamado é a conclusão de tudo. Não. O chamado é apenas o começo de tudo. Começo que só vai prosseguir se for continuado com a busca pelos meios de cumprir a missão. O aprendizado da língua, da cultura, dos costumes. As estratégias adequadas e inadequadas. O que deu certo o que deu errado. Tudo isso faz parte do treinamento.

A consciência dos obstáculos, das possibilidades, dos perigos, das facilidades de uma determinada missão precisam ser aprendidos e analisados. Para isso existem instituições dedicadas a treinar os futuros missionários. Nessas instituições o vocacionado receberá toda a instrução necessária, sem precisar cometer os mesmos erros ou partir às cegas a um destino dado por Deus. Ninguém precisa reinventar a roda para ir ao campo missionário. Os fracassos e êxitos dos que o antecederam deixou para a Igreja um baú de informações e experiências que levarão você ao campo do modo mais seguro possível e permitirão a você produzir ali os devidos frutos. Por isso, todo escriba instruído acerca do Reino dos céus é semelhante a um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas. (Mt 13.52). As agências missionárias e cursos de treinamento missionário são esse escriba bem instruído. Há muita coisa acerca do Reino para você aprender nelas antes de ir ao campo.

Recebendo treinamento

Quando você tem chance de ouvir pessoas experientes falando sobre a atividade missionária, então você sente o campo mais perto. Aquilo que é apenas uma semente plantada por Deus em seu coração já parece mais com uma árvore frondosa e frutífera. Já se torna palpável.

Por outro lado, o seu almejado destino se torna mais real, algumas vezes de forma mais assustadora. Esse encontro com a realidade é a sua primeira prova. A possibilidade de ir pode despertar em você o desejo de recuar e recusar o chamado. O desafio pode parecer maior do que as suas forças. Quando era só um chamado claro não havia porque temer. Com o campo diante de seus olhos você pode, como os espias de Canaã, achar que é pequeno demais para a tarefa. Você terá que vencer a si mesmo, antes de vencer o inimigo na terra para a qual foi chamado.

Preparar-se para o campo missionário é muito mais que uma preparação intelectual. Essa preparação inclui conhecimento, prática e muitas vezes mudança de atitudes tanto externas quanto internas. Deus mudará vidas através de você. Antes disso, porém, Ele precisa mudar você.

Indispensável

Não importa se o campo é longe ou perto. Não importa se a cultura é pouco ou muito diferente. A eficácia do nosso chamado depende muito de quanto nos preparamos para cumpri-lo. Deus tem pressa, mas essa pressa não significa descuido e descaso. Ela tem espaço para o treinamento e a busca pela capacitação.

Nada é tão difícil que você não possa realizar através do treinamento adequado. Nada é tão fácil que dispense o treinamento. Capacitação e treinamento fazem parte do chamado de Deus. Pular essa etapa é saltar sobre um abismo intransponível.

Foi chamado? Seu próximo passo não é para o campo. É para o treinamento. Não esqueça isso. Comece hoje o seu treinamento.

______________________________________________________

[1] BOYER, Orlando. Heróis da Fé. Rio de Janeiro: CPAD, 1985